O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, convocou a Assembleia Constituinte

A Assembleia Constituinte da Venezuela aprovou um decreto em que se declara superior a todas os outras formas de poder.

A ordem, aprovada nesta terça-feira, impede que a Assembleia Nacional, que é controlada pela oposição, e outras agências tomem qualquer ação que interfira nas leis aprovadas pela Constituinte.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, convocou a Assembleia Constituinte, tendo como intenção, segundo ele, resolver o impasse político no país. No entanto, os líderes da oposição e uma crescente lista de governos estrangeiros se recusaram a reconhecer a nova Assembleia.